Go to the page content
A importância do acompanhamento multidisciplinar para Clarisse Pires: “A maior dificuldade é trabalhar a parte psicológica”.
Viver com Obesidade | 3 min. leitura

A importância do acompanhamento multidisciplinar para Clarisse Pires: “A maior dificuldade é trabalhar a parte psicológica”.

Foi em 2005 que Clarisse Pires, de 59 anos, decidiu que precisava de mudar a sua vida. Depois de inúmeras dietas e três cirurgias, Clarisse mudou não só o rumo da sua vida, como também o da vida dos seus dois filhos. Atualmente, é vice-presidente da ADEXO - Associação de Doentes Obesos e Ex-obesos de Portugal, da qual faz parte desde 2006 e graças à qual descobriu a possibilidade de fazer uma cirurgia para ajudar a tratar a sua doença.


  Em parceria com:

Mais lidos